Slide site cultural de Feijó

LUMINAR - TUDO PARA SUA CONSTRUÇÃO

Neto Meireles - Formatação & Crimpagem

terça-feira, 3 de maio de 2016

Mulher ateia fogo ao próprio corpo por não aceitar fim de relacionamento

Segundo a equipe do Samu, as queimadura atingiram a parte do couro cabeludo, o pescoço e os seios
 REDAÇÃO CONTILNET
99215a7b-8051-49c7-bfe0-dbd0e6bb19b6
Cléia pegou uma garrafa de álcool, jogou sobre o corpo e ateou fogo/Foto: ContilNet
Cléia Lima do Nascimento, 30, ateou fogo no próprio corpo na noite desta segunda-feira (02), no bairro Nova Esperança, em Rio Branco, após o marido dizer que não queria mas a relação.
De acordo com informações de familiares da vítima, ela estaria em crise conjugal e não aceitava a separação. O marido, que não teve o nome revelado, pediu para conversar com a companheira e informou a ela que não estava dando pra continuar com a relação.
Após ouvir do marido o pedido de separação, Cléia pegou uma garrafa de álcool, jogou sobre o corpo e ateou fogo.
A Unidade Móvel de Urgência e Emergência foi acionada. A vítima teve ferimentos profundos e foi conduzida ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), para atendimento.
Segundo a equipe do Samu, as queimadura atingiram a parte do couro cabeludo, o pescoço e os seios.

Viatura da PM mata motociclista na AC–40

:16
Um grave acidente envolvendo uma viatura da Polícia Militar e duas motocicletas foi registrado na manhã desta terça-feira (03), na AC-40, próximo a curva do Tucumã e deixou um militar gravemente ferido e matou uma mulher ainda não identificada.
De acordo com informações preliminares coletadas no local, a viatura da polícia vinha de Senador Guiomard sentido Rio Branco, quando próximo a curva do Tucumã, um veículo saiu do ramal do cacau em alta velocidade, fazendo com que o militar perdesse o controle da viatura e invadisse a contramão. Uma mulher que, segundo informações havia acabado de deixar o filho na escola e trafegava em uma outra motocicleta foi atingida pela viatura que capotava e morreu no local.
Uma Unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, e encaminhou o militar ao Pronto Socorro gravemente ferido e seu estado requer cuidados.
O local foi isolado para os trabalhos da perícia e o corpo foi levado para a base do Instituto Médico Legal (IML).
oriobranco.net

Homem é assassinado com 13 facadas no Irineu Serra


Um homicídio foi registrado na madrugada desta segunda-feira (02) próximo a Chácara Aliança, na Estrada do Irineu Serra. A vítima, Cleison Moura da Silva, de 34 anos, foi morta a golpes de faca e disparos de arma de fogo.
De acordo com o coletado pela Polícia Militar (PMAC), dois homens em uma motocicleta se aproximaram da vítima, desceram da moto e começaram a esfaqueá-lo, após, não apresentar mais reação, tiros ainda foram disparados contra o corpo.
A ocorrência foi atendida por policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar que isolou o local até a chegada dos peritos que conduziram o corpo ao Instituto Médico Legal (IML). No corpo havia pelos menos 13 marcas de perfuração e duas de tiros.
Os militares ainda realizaram patrulhamento na intenção de encontrarem os suspeitos, mas, ninguém foi preso.
O caso foi registrado na Delegacia de Flagrantes (DEFLA) e será investigado pelo delegado da 5ª Regional.
oriobranco.net

Empresas podem parcelar dívida com o Estado em até 10 anos no Acre

Pessoas jurídicas também podem obter 90% de desconto em juros e multas. 
Medidas foram anunciadas pelo governo nesta segunda-feira (2).

Do G1 AC
Com um débito que somado chega a ao menos R$ 400 milhões com o Estado do Acre, empresas e pessoas jurídicas estão recebendo uma oportunidade para conseguir quitar as dívidas. Nesta segunda-feira (2), o governo anunciou um pacote de renegociação que oferece até 90% de desconto nos juros e multas se pagas à vista ou parceladas em até três vezes. Será possibilitado também, o parcelamento em até 120 meses, ou dez anos para regularização fiscal da empresa junto ao governo.
A medida foi anunciada durante uma coletiva de imprensa com o governador Tião Viana (PT-AC), a chefe da Casa Civil, Márcia Regina, e o secretário da Fazenda, José Joaquim Macedo. O programa deve entrar em vigor na quarta-feira (3) com vigência até 30 de junho de 2016 e a possibilidade de uma nova negociação para quem já possui parcelamento.
Conforme o governo, a medida foi tomada após análise da situação econômica atual. O objetivo, segundo o secretário da Fazenda, é dar uma oportunidade para que o setor empresarial do Acre possa renegociar.
"Ampliamos a parte de benefícios de concessão de descontos de juros e multas para pagamentos à vista ou em três parcelas, antes era apenas uma única parcela", explica.
Macedo destaca ainda, o escalonamento em renúncias de juros e multas de acordo com os prazos. "Se a pessoa dividir a dívida em até 60 parcelas recebe desconto em 80% da multa e 60% dos juros, se for para 120 parcelas é 65% da multa e 40% dos juros", salienta.
O governador Tião Viana, destacou que dificilmente devem ser realizadas novas renegociações fiscais posteriormente.

"É como se a guerra fiscal, incentivos, proteções e renúncias de entes federados estivessem no fim de um ciclo econômico e de relações administrativas no Brasil. Então, alertamos aos empresários que usem essa oportunidade", destaca
.

Funcionário preso por ajudar facção fez selfie exibindo dinheiro no AC

Imagem foi encontrada no celular do suspeito, segundo a polícia. 
Jocimar da Silva trabalhava no Deracre e passava locais de blitz para facção.

Quésia MeloDo G1 AC

Suspeito exibe dinheiro provavelmente fruto de crime no interior do Acre  (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Suspeito exibe dinheiro provavelmente que
coletava mensalmente e membros de facção,
segundo a polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Preso no sábado (30) por passar a uma facção criminosa informações de blitz e operações policiais que passavam pelo posto de fiscalização no município de Sena Madureira, o funcionário do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), Jocimar da Silva, de 28 anos, aparece segurando notas de R$ 20 e R$ 50, em uma selfie achada no celular do suspeito, segundo informou a Polícia Civil.
Ao G1, o Deracre informou que o servidor atuava de forma terceirizada como auxilar administrativo. O órgão afirmou ainda que já solicitou à empresa responsável a demissão e  a disponibilização de outro empregado para ocupar o posto de trabalho.
A polícia explica que o dinheiro fazia parte de uma taxa de R$ 100 paga mensalmente por membros da facção criminosa. As fotos foram encontradas no celular do suspeito que foi apreendido durante a ação. Além disso também foram encontradas munições e droga.
O delegado Rêmulo Diniz afirmou que Silva usava o celular para passar as informações para a facção e atuava como o contador da organização criminosa. Segundo o delegado, ele ficava com parte do dinheiro arrecadado.
"Os sócios que eram batizados na facção pagavam esses R$ 100, o Jocimar recolhia o dinheiro uma vez por mês. Ele tirava uma parte desse dinheiro arrecadado, além de outras coisas que foram encontradas com ele, como as munições e as drogas. Ainda não temos ideia de quanto a facção movimentou nesse município", explica.
Além do funcionário do Deracre, a polícia também prendeu Clebson Damasceno, de 25 anos, que seria irmão de um dos líderes da facção criminosa. Outro homem e uma mulher também foram presos, segundo a polícia
.

Governo assegura R$ 15 milhões para infraestrutura de ramais no Acre

Recurso resulta de um esforço intenso do governo em dar celeridade aos principais projetos e serviços no Estado - Foto: Gleilson Miranda
Em reunião com o superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Acre, Márcio Alécio, o governador Tião Viana anunciou a liberação de mais R$ 15 milhões que serão aplicados no programa de infraestrutura de ramais nos 22 municípios do Acre.
O recurso resulta da última audiência com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, e a presidência do Incra, em Brasília. Participaram da agenda o diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), Cristovam Moura, e o deputado estadual, Lourival Marques.
“Vamos trabalhar a recuperação, abertura e melhoramento de ramais no estado do Acre. Nossa perspectiva é de trabalhar em três mil quilômetros com esse recurso”, conta Alécio.
O Incra aguarda, ainda, o repasse de mais R$ 60 milhões para a celebração de um novo convênio visando dar acesso para melhorar a infraestrutura básica, construir ramais e melhorar pontes em todo o estado do Acre.
“Com a somatória desses dois recursos, nós vamos conseguir nos próximos meses dar um avanço significativo na infraestrutura básica que é uma grande demanda dos trabalhadores, dos produtores pra que possam escoar sua produção, ter acesso e melhoria da infraestrutura básica”, explica o superintendente.
Verba será aplicada no programa de infraestrutura de ramais nos 22 municípios do Acre - Foto: Sérgio Vale
Verba será aplicada no programa de infraestrutura de ramais nos 22 municípios do Acre – Foto: Sérgio Vale

Esforços do governo

Incra e governo do Estado trabalham empenhados na garantia dos recursos necessários para que os serviços sejam realizados com a melhor qualidade possível, por meio dessa parceria.
O recurso resulta de um esforço intenso do governo em dar celeridade aos principais projetos e serviços no Estado.
Na semana passada, Tião Viana esteve em Brasília, onde, além do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), cumpriu agenda em mais seis ministérios.
Além de assegurar recursos, garantiu a resolução de demandas pendentes e o encaminhamento de diversos projetos e processos no estado.
Agência de Notícias do Acre

segunda-feira, 2 de maio de 2016

TARAUACÁ: DOIS MORTOS E UM FERIDO EM FESTA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO

Duas pessoas mortas e outra com a mão quase decepada por uma terçadada, foi resultado de uma briga que aconteceu no Seringal Vitória Nova, Rio Muru, município de Tarauacá, por ocasião da realização de uma festa, onde algumas pessoas consumiram muito álcool. Quando a informação chegou até a polícia, o comandante da PM, juntamente com o Delegado de Polícia Civil, determinaram que uma guarnição da PM se deslocasse até o local para remover as vítimas e tentar prender os acusados do crime.
O menor I F S teve a mão quase decepada
Chegando no local, policiais militares encontraram dois corpos caídos no terreiro da residência onde foi realizada a festa já sem vida. Antônio Robson Monteiro França, 31 anos, conhecido por "Dom" e José Carlos Lima Ferreira, 26 anos, o "Sapecado". Em seguida deram voz de prisão para Alcimar do Nascimento souza, 30 anos, conhecido por "Cimar', acusado de tentar contra a vida, chegando a decepar a mão do menor I.F.S. de 17 anos. "Cimar"  também é proprietário da residência onde acontecia a festa em comemoração ao aniversário de sua esposa. Os outros suspeitos, um conhecido por "Nunes" e um comparsa que não se sabe o nome ainda, fugiram do local antes da chegada da polícia. Segundo informações, Nunes é uma das figuras mais temidas do local. 

De ante do silêncio da comunidade que não quis falar com medo de represálias, os policiais conseguiram levantar as seguintes informações sobre o ocorrido. Durante a festa houve um desentendimento entre os primos "Dom" e "Sapecado", ambos partiram para uma briga, sendo que cada um deles empunhava uma faca tipo peixeira. No confronto os dois se feriram. Enquanto José Carlos (Sapeca) caiu e morreu ali mesmo, Antônio Robson (Dom) ainda ficou sentado agonizando. Neste momento, entra em ação o temido "Nunes" que de posse de uma faga cortou a garganta da de Dom.

Postado por Accioly Gomes 




Acriana leva várias facadas no rosto, mas sobrevive

020516-policia-mulheragredida-oaltoacre
Marido não aceitava fim da relação com jovem de 29 anos
O site O Alto Acre acompanha desde ontem o drama da brasileira Débora Montes Furtado. A jovem de 29 anos teve o rosto perfurado por várias facadas desferidas pelo ex-companheiro, o boliviano identificado como Adrian Moscoso, de Cobija.
O rosto da jovem ficou completamente enfaixado pelos enfermeiros antes de ser transferida para Rio Branco. Ela morava com o violento marido boliviano. Ela já o denunciara às autoridades da Bolívia por agressão e decidira romper o relacionamento.
O homem não aceitava o fim da relação. O homem resolveu tomar uma atitude extrema. Tentou matar. Foram várias facadas no rosto, peito, mãos e braços. Débora e depois se suicidou.
Em um dos golpes nas mãos, por pouco não decepou o dedo da jovem.
agazeta.net